MEU COMPROMISSO É COM DEUS

I Tessalonicenses 2
1  PORQUE vós mesmos, irmãos, bem sabeis que a nossa entrada para convosco não foi vã;
2  Mas, mesmo depois de termos antes padecido, e sido agravados em Filipos, como sabeis, tornamo-nos ousados em nosso Deus, para vos falar o evangelho de Deus com grande combate.
3  Porque a nossa exortação não foi com engano, nem com imundícia, nem com fraudulência;
4  Mas, como fomos aprovados de Deus para que o evangelho nos fosse confiado, assim falamos, não como para agradar aos homens, mas a Deus, que prova os nossos corações.

A preocupação do apóstolo foi sempre agradar a Deus, pois ele sabia que este foi e é o motivo a qual fomos criados – agir para a glória de Deus!

Preciso saber como agir
Pois meu compromisso é com Deus

Lucas 10
38  E aconteceu que, indo eles de caminho, entrou Jesus numa aldeia; e certa mulher, por nome Marta, o recebeu em sua casa;
39  E tinha esta uma irmã chamada Maria, a qual, assentando-se também aos pés de Jesus, ouvia a sua palavra.
40  Marta, porém, andava distraída em muitos serviços; e, aproximando-se, disse: Senhor, não se te dá de que minha irmã me deixe servir só? Dize-lhe que me ajude.
41  E respondendo Jesus, disse-lhe: Marta, Marta, estás ansiosa e afadigada com muitas coisas, mas uma só é necessária;
42  E Maria escolheu a boa parte, a qual não lhe será tirada.

Eis uma historia interessante. Havia duas mulheres nesta casa. Uma delas, Maria, sentou-se aos pés do Mestre para ouvi-lo, enquanto a outra, Marta, se preocupou em deixar a casa em ordem para receber o ilustre visitante. Mas, quem foi a que recebeu o melhor?

Não importa o que aconteça
Pois meu compromisso é com Deus

Atos 20
22  E agora, eis que, ligado eu pelo espírito, vou para Jerusalém, não sabendo o que lá me há de acontecer,
23  Senão o que o Espírito Santo de cidade em cidade me revela, dizendo que me esperam prisões e tribulações.
24  Mas em nada tenho a minha vida por preciosa, contanto que cumpra com alegria a minha carreira, e o ministério que recebi do Senhor Jesus, para dar testemunho do evangelho da graça de Deus.

Não há nada que impeça um homem de agir segundo a vontade de Deus senão o próprio homem, a própria pessoa. Aqui, uma situação peculiar dos seguidores de Cristo. Cumprir o ministério dado por Jesus Cristo, nosso Senhor!

Eu sou útil
Pois meu compromisso é com Deus

Romanos 12
4  Porque assim como em um corpo temos muitos membros, e nem todos os membros têm a mesma operação,
5  Assim nós, que somos muitos, somos um só corpo em Cristo, mas individualmente somos membros uns dos outros.
6  De modo que, tendo diferentes dons, segundo a graça que nos é dada, se é profecia, seja ela segundo a medida da fé;
7  Se é ministério, seja em ministrar; se é ensinar, haja dedicação ao ensino;
8  Ou o que exorta, use esse dom em exortar; o que reparte, faça-o com liberalidade; o que preside, com cuidado; o que exercita misericórdia, com alegria.
9  O amor seja não fingido. Aborrecei o mal e apegai-vos ao bem.
10  Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros.

Hoje, pessoas de todas as idades têm alegado nas igrejas impossibilidade em servir aos propósitos de Deus. Consideram-se incapazes, ou pensam que à hora ainda não chegou, até mesmo existem aqueles que não querem servir.

Na Palavra de Deus temos exemplos de mulheres e homens que tinham tudo para não fazer o trabalho proposto por Deus, porém quando o fizeram, viram o quanto Deus usa aqueles que o servem, especialmente aqueles que se sentem inúteis para o serviço.


Abraão era velho, Jacó era inseguro, Lia era sem atrativos, José foi maltratado, Moisés gaguejava, Gideão era pobre, Sansão era co-dependente, Raabe era imoral, Davi foi homicida e tinha vários problemas familiares, Elias tinha tendências suicidas, Jeremias era depressivo, Jonas era relutante, Noemi era viúva, João Batista era excêntrico para dizer o mínimo, Pedro era impulsivo e temperamental, Marta se preocupava demais, a mulher samaritana teve vários casamentos fracassados, Zaquel era indesejado, Tomé tinha dúvidas, Paulo tinha saúde fraca e Timóteo era tímido.

Contudo, ainda nos sobra alguma desculpa? Será que há motivos para não servir a Deus? Independente do tamanho do problema o nosso Deus pode e fará com que o nosso serviço seja concreto. Seja obediente ao chamado do Pai. Amém!
Soli Deo Gloria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s