Imagem e Semelhança

    De onde eu vim? Como eu surgi? Essas e outras perguntas são bem comuns entre as crianças. Depois quando crescemos não é diferente, em determinada época, passamos por crises existenciais e basicamente as principais perguntas são: quem nós somos? Ou de onde viemos? E para onde vamos?

E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou;
 homem e mulher os criou. (Gênesis 1.27)
    Na Palavra de Deus, desde o início de todas as coisas narrado em Gênesis, tem o envolvimento do ser humano não apenas como um mero participante da criação, mas foi dado à humanidade habilidades diferentes dos outros animais e racionalidade. Essas habilidades estão diretamente relacionadas à responsabilidade que a nós foi entregue por Deus, pois em toda a criação nós somos os únicos criados à sua imagem e semelhança. Entre todas as perguntas que narrei no início, agora faço uma: será que a humanidade hoje é semelhança de Deus? O homem moderno não está contente em ser semelhante, ele quer tomar o lugar do Criador.

    Tentando ser Deus nos desumanizamos e sempre nos frustramos pois não há como ser igual Àquele que nos criou. Dessa forma, vamos construindo barreiras que impedem um relacionamento simples e pleno com Deus e nos afastamos dos seus propósitos. Tentar tomar o lugar de Deus é querer fazer tudo aquilo que não está à nossa altura em termos de possibilidade e vida. O que isso significa? Significa que é preciso assumir nossa postura como seres viventes criados, não viver tentando tomar a posição do Criador em todas as coisas e achar que temos controle sobre tudo.

Porque assim diz o SENHOR que tem criado os céus, o Deus que formou a terra, e a fez; ele a confirmou, não a criou vazia, mas a formou para que fosse habitada: Eu sou o SENHOR e não há outro. (Isaías 45.18)
Soli Deo Gloria

2 comentários sobre “Imagem e Semelhança

  1. Natália Alves disse:

    Pois é reconhecer que somos apenas criaturas, que do pó vinhemos e ao pó voltaremos, que sem Deus não somos nada, e pela sua misericórdia é que nos mantemos sobre a Terra. Ele que nos deu a vida e é Ele que tem o controle sobre ela. Basta apenas reconhecermos nossa condição."Que o espírito que nos deu a vida, controle também a nossa vida." (Gl. 5.25)

  2. Kêna Siqueira disse:

    Belo post Léo!É verdade, vivemos tentando tomar o lugar que é de Deus por direito e a consequência disso é a frustração. Parece ser bem mais fácil confiar no Senhor e deixá-lo tomar as rédeas das nossas vidas, mas é o que poucos fazem e muitos tentam. Ainda bem que Ele usa da Sua misericórdia conosco!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s