É preciso amar as pessoas

“É preciso amar as pessoas como se não houvesse o amanhã…”

Este é o trecho de uma música de um poeta secular que parecia cantar tentando encontrar o amor, mas este amor, que é um amor dedicado só está completo em Deus. Em I Coríntios 13.4-7 está escrito:
“O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece. Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade; Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.”
Neste belíssimo texto de Paulo, encontramos uma bela poesia dedicada ao amor. Interessante é alguém escrever tão bem sobre um sentimento tão puro e perfeito, ainda que, em seu passado, tenha vivido o inverso deste amor, pois Paulo carregava ódio dos cristãos. Então percebemos tamanha transformação que o amor é capaz de realizar.
No Novo Testamento existem algumas nomes gregos que foram traduzidos por amor. Vou dar alguns exemplos: Eros – é o amor romântico e não tem que ser apenas de natureza sexual; Philos – significa uma lealdade, algo que envolve uma boa amizade e uma vida saudável em família, igreja; Ágape – Muito usado por Jesus, é o amor gratuito, sem interesse, o amor que devemos ter ao nosso Deus.
“E andai em amor, como também Cristo vos amou, e se entregou a si mesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave.” (Efésios 5.2)
Mais uma vez o apóstolo do gentios falando de amor. Paulo orienta que o nosso amor deve ser como o amor de Cristo dizendo o que Jesus, o nosso Senhor, fez por tal amor! Em Gálatas 5.13, orienta a sermos servos uns dos outros em amor. Alguém já imaginou como seria prazeroso se na igreja todos servissem uns aos outros em amor? O livro O Monge e O Executivo ensina que para ser um líder bem sucedido é preciso ser servo. Agora, servir em AMOR independente do outro é um desafio ainda maior. Em II Tessalonicenses 1.3,4 está escrito:
“Sempre devemos, irmãos, dar graças a Deus por vós, como é justo, porque a vossa fé cresce muitíssimo e o amor de cada um de vós aumenta de uns para com os outros, De maneira que nós mesmos nos gloriamos de vós nas igrejas de Deus por causa da vossa paciência e fé, e em todas as vossas perseguições e aflições que suportais;”
O apóstolo está feliz em saber que aquele povo têm desenvolvido a fé e o amor que cresce de forma mútua. Eis a importância de viver as bençãos de Deus de forma recíproca na igreja. Resultante disto, este povo se torna um exemplo em sua fé e paciência, mesmo em perseguições e aflições.
Um pastor amigo conta em um desabafo que entendeu ainda melhor a lição de Jesus descrita em Mateus 21 : 19: “E, avistando uma figueira perto do caminho, dirigiu-se a ela, e não achou nela senão folhas. E disse-lhe: Nunca mais nasça fruto de ti! E a figueira secou imediatamente.” Disse o pastor que morou em uma cidade que tinha uma grande e graciosa figueira e que esta árvore, mesmo sem frutos,produz um cheiro agradável, de forma que se dá a impressão que está carregada de frutos e ao se aproximar é que se percebe que não há nada. A lição para nós está em que muitas vezes falamos do amor, cantamos o amor, recitamos o amor (cheira bem). Mas se não vivemos o amor estamos destinados a secar.
Soli Deo Gloria

Um comentário sobre “É preciso amar as pessoas

  1. SANDRA DA HORA disse:

    SÓ EXISTE UMA FORMA DE AMAR ASSIM, É ESTANDO NA PRESENÇA DO SENHOR JESUS TODOS OS DIAS, QUE NÓS POSSAMOS BUSCAR E VIVER ESSE AMOR. DEUS CONTINUI TE ABENÇOANDO FICA NA PAZ DO SENHOR.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s