As portas do inferno…

Em Mateus 16: 18, Jesus fala sobre a edificação da igreja com base na pedra fundamental que é Ele mesmo – Jesus Cristo. Vejamos o texto:

“Também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela.”

Logo em seguida o nosso Salvador fala que o inferno não deterá a ação desta igreja cujo o fundamento é Cristo. A igreja existe para proclamar salvação e onde os perdidos estão? É no inferno que vamos resgatar vidas! Nossas cidades estão cheias de infernos, lugares onde vidas já queimam pela ausência de Deus.

Recentemente fui a um culto dominical promover a Missão Cristolândia quando, às proximidades do término do culto um homem embriagado entra na igreja armado com uma tentativa de abordar os crentes alí sentados e o pastor, guiado por Deus, percebe aquela movimentação estranha e convida o senhor que aparentava ter 50 anos de idade à frente da igreja perguntando se gostaria de entregar sua vida a Cristo.

Munido de arma na cintura o homem foi adiante e abriu o coração, dizendo que já havia sido membro de igreja, inclusive cantava em grupo de louvor, porém precisava de dinheiro e acabou saindo com uma boa quantia. Que julgo eu se tratar de um modo de extorsão.

Diante esta experiência, reflito: As portas do inferno não prevalecerão contra a igreja, mas se a igreja não vai até o inferno eles sairão de lá e virão até a igreja. Foi isso que aconteceu. Ou seja, quando a igreja não parte para cumprir sua missão eles virão até nós, seja pedindo socorro ou mesmo para tirar algum proveito. Precisamos fazer mais. Podemos fazer muito mais!

Soli Deo Gloria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s