Quanto custa?

Quem inventou o dinheiro? Qual o real valor das coisas? Se nós perdermos R$ 10,00, ficamos tristes. E, infelizmente muitos nem ligam quando uma nação inteira perde bilhões como o Brasil vem perdendo para os golpistas políticos!

Já imaginou como seria a vida sem o uso de dinheiro? Pois há muitos e muitos séculos atrás ele não existia mas, com a necessidade de comprar, as pessoas da época tiveram que dar um jeito e resolver o problema. A primeira solução foi fazer trocas, então, se uma pessoa tinha colhido muitas frutas, mas precisava de cortes de tecido para fazer roupas, partia à procura de quem estivesse interessado nas frutas, mas também tivesse tecido para fazer a troca, por exemplo. Esse é um sistema de comércio é chamado também de escambo. Na Roma antiga, os soldados eram pagos através de uma quantia de sal, chamada de salarium, daí tem origem o termo salário que utilizamos hoje.

Quando o assunto é fé, a pergunta mais “gospel” seria… Quanto custa a bênção?

Atos 8:14-23

Ouvindo os apóstolos, que estavam em Jerusalém, que Samaria recebera a palavra de Deus, enviaram-lhe Pedro e João; os quais, descendo para lá, oraram por eles para que recebessem o Espírito Santo; porquanto não havia ainda descido sobre nenhum deles, mas somente haviam sido batizados em o nome do Senhor Jesus. Então, lhes impunham as mãos, e recebiam estes o Espírito Santo. Vendo, porém, Simão que, pelo fato de imporem os apóstolos as mãos, era concedido o Espírito [Santo], ofereceu-lhes dinheiro, propondo: Concedei-me também a mim este poder, para que aquele sobre quem eu impuser as mãos receba o Espírito Santo. Pedro, porém, lhe respondeu: O teu dinheiro seja contigo para perdição, pois julgaste adquirir, por meio dele, o dom de Deus. Não tens parte nem sorte neste ministério, porque o teu coração não é reto diante de Deus. Arrepende-te, pois, da tua maldade e roga ao Senhor; talvez te seja perdoado o intento do coração; pois vejo que estás em fel de amargura e laço de iniquidade.

Neste texto temos a narrativa de dois acontecimentos interessantes, que tem muito a nos ensinar, então vejamos:

  1. Pedro e João abençoam

Pedro e João, apóstolos discipulados diretamente por Jesus são levados a orar declarando a benção do Espírito Santo sobre os novos seguidores de Cristo que não haviam experimentado o Pentecostes (Atos 2.1-6). De modo que a “oração apostólica” com imposição de mãos é um gesto cerimonial. Matthew Henry diz o seguinte: “Nenhum homem pode dar o Espírito Santo impondo suas mãos, mas devemos usar os melhores esforços para instruir àqueles pelos quais oramos.” Dessa forma, é o próprio Deus é quem atua conforme sua soberana vontade em meio à situação. Nunca um sacerdote, padre, pastor ou qualquer ser humano “espiritual” tem qualquer poder em “mover”, nem muito menos dar qualquer ordem ao Espírito Santo.

  1. Simão quer pagar pela bênção

Simão, também conhecido como O Mágico, era o que podemos considerar como um feiticeiro, adivinho, curandeiro, etc. Este mágico ouve a boa nova a respeito de Cristo Jesus e torna-se um seguidor da fé e também do missionário pregador Flipe (Atos 8.9-13). Porém, não satisfeito em ser seguidor da fé em Cristo, Simão gostaria de ser um Deus-Homem, ou seja, ter poderes de Deus e solicita a benção apostólica ministrada pelos discípulos mediante uma oferta em dinheiro. Aqui no texto bíblico não importa o valor, mas sim a intenção de Simão.

Pedro, porém, lhe respondeu: O teu dinheiro seja contigo para perdição, pois julgaste adquirir, por meio dele, o dom de Deus. Não tens parte nem sorte neste ministério, porque o teu coração não é reto diante de Deus. (vs. 20,21)

O que dizer dos “profetas modernos” que cobram uma fortuna para ministrar o poder de Deus? Ou de bandas que ministram curas em seus espetáculos cheios de efeitos especiais por um ingresso com valores acima dos três dígitos? O que dizer de um pregador que cobra dos crentes um valor maior para que estes crentes fiquem mais próximos do palco? Vale lembrar que no texto anterior, o sujeito chamado Simão já havia convertido-se ao cristianismo e mesmo assim oferece dinheiro pela benção. Será que o mágico inaugurou o “show da fé”?

Quanto custa a benção? Quanto você pagaria?

{Biblifique-se}

Soli Deo Gloria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s