Todos os caminhos levam a Deus!

Você deve conhecer esta expressão – todos os caminhos levam a Deus. Seja em tom de confronto, questionamento e até desculpa esfarrapada, esta frase está presente nas conversas religiosas por todo o planeta. Durante muitos anos na minha vida acreditei que sim, todos os caminhos levam a Deus. Depois da minha conversão, mudei radicalmente de opinião. Só que hoje quero refletir que SIM – todos os caminhos (com “c” minúsculo) levam a Deus.

É exatamente o que você leu. Hoje eu creio novamente que TODOS os caminhos levam a Deus, só que agora creio de uma outra perspectiva e não apenas uso esta expressão como desculpa para desencargo de consciência como fizera no passado.

Olhando para a Palavra de Deus tudo fica claro. E em se tratando de caminho deve ser de pleno entendimento a todo cristão de que só há um caminho para a salvação! Cristo Jesus, o nosso Senhor é o Caminho (com “C” maiúsculo). Só que na atual conjuntura da humanidade com sua população de míseros 7 bilhões e quase 300 milhões de habitantes, será que outras manifestações de fé também não trazem outros caminhos para Deus? Claro que sim, porém a salvação só há O Caminho!

E os outros caminhos? Eles levarão ao julgamento de Deus e TODOS passarão por este evento. Veja o que diz a Revelação a respeito do Julgamento:

de Israel

E sabereis que eu sou o Senhor, quando eu proceder para convosco por amor do meu nome, não conforme os vossos maus caminhos, nem conforme os vossos atos corruptos, ó casa de Israel, diz o senhor Deus. (Ezequiel 20.44)

dos anjos

Aos anjos que não guardaram o seu principado, mas deixaram a sua própria habitação, ele os tem reservado em prisões eternas na escuridão para o juízo do grande dia. (Judas 6)

dos crentes

E nós conhecemos, e cremos no amor que Deus nos tem. Deus é amor; e quem permanece em amor, permanece em Deus, e Deus nele. Nisto é aperfeiçoado em nós o amor, para que no dia do juízo tenhamos confiança; porque, qual ele é, somos também nós neste mundo. (1 João 4.16,17)

dos gentios

Quando, pois vier o Filho do homem na sua glória, e todos os anjos com ele, então se assentará no trono da sua glória; e diante dele serão reunidas todas as nações; e ele separará uns dos outros, como o pastor separa as ovelhas dos cabritos. (Mateus 25.31,32)

dos não-crentes

Não vos admireis disso, porque vem a hora em que todos os que estão nos sepulcros ouvirão a sua voz e sairão: os que tiverem feito o bem, para a ressurreição da vida, e os que tiverem praticado o mal, para a ressurreição do juízo. (João 5.28,29)

Em João 14. 4-6 está escrito: E para onde eu vou vós conheceis o caminho. Disse-lhe Tomé: Senhor, não sabemos para onde vais; e como podemos saber o caminho? Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.

{Biblifique-se}

Soli Deo Gloria

A Missão do Profeta (Arrependimento)

JONAS 3

Nas últimas vezes em que preguei, estive utilizando o livro de Jonas como base. Tenho visto a importância e a necessidade de pregar mensagens expositivas da Palavra de Deus pelo fato de acompanhar muitos crentes que se têm deixado levar por palavras vãs. Pregar a Palavra de Deus é minha obrigação e levar aos crentes a mensagem na íntegra em uma questão de compromisso com Deus.

Até o capítulo 3 a historia de Jonas vem cheia de acontecimentos especiais:
1. A teimosia de Jonas
2. A fuga
3. A tempestade que o mataria
4. A provisão de Deus em forma de peixe.

O poder da mensagem de Deus gera arrependimento ao povo

Vejamos o que o capítulo 3 nos ensina a respeito de arrependimento:
1. O arrependimento traz obediência – a começar em Jonas e depois em todo o povo de Nínive. Jonas evangeliza a grande cidade de três dias de caminhada em apenas um dia (cf. 3.3).

2. O arrependimento provoca mudança de atitude – o povo de Nínive reconhece estar no caminho errado e isso os leva a uma atitude de humilhação. Até o rei da cidade se arrepende e proclama leis para todo o povo (cf. 3.6,7).

3. O arrependimento alcança misericórdia – a vida de Jonas é um exemplo dessa misericórdia. Agora o povo de Nínive alcança a misericórdia de Deus: “E Deus viu as obras deles, como se converteram do seu mau caminho; e Deus se arrependeu do mal que tinha anunciado lhes faria, e não o fez” (3.10).

4. A bênção do povo foi a misericórdia de Deus! A misericórdia de Deus alcança a vida de Jonas. Jonas age segundo essa misericórdia anunciando a mensagem do PAI. Nossa misericórdia reflete Deus para a vida das pessoas. Isso é Evangelho!!!

Lucas 10. 30-37 (A Parábola do Samaritano)

E, respondendo Jesus, disse: Descia um homem de Jerusalém para Jericó, e caiu nas mãos dos salteadores, os quais o despojaram, e espancando-o, se retiraram, deixando-o meio morto. E, ocasionalmente descia pelo mesmo caminho certo sacerdote; e, vendo-o, passou de largo. E de igual modo também um levita, chegando àquele lugar, e, vendo-o, passou de largo. Mas um samaritano, que ia de viagem, chegou ao pé dele e, vendo-o, moveu-se de íntima compaixão; E, aproximando-se, atou-lhe as feridas, deitando-lhes azeite e vinho; e, pondo-o sobre a sua cavalgadura, levou-o para uma estalagem, e cuidou dele; E, partindo no outro dia, tirou dois dinheiros, e deu-os ao hospedeiro, e disse-lhe: Cuida dele; e tudo o que de mais gastares eu to pagarei quando voltar. Qual, pois, destes três te parece que foi o próximo daquele que caiu nas mãos dos salteadores? E ele disse: O que usou de misericórdia para com ele. Disse, pois, Jesus: Vai, e faze da mesma maneira.

E Jesus Cristo nos diz hoje… Vai, e faze da mesma maneira!!!

Soli Deo Gloria