Keith Green

Keith Gordon Green (21 de outubro de 1953 – 28 de julho de 1982) foi um cantor e multi-instrumentista gospel americano. Compunha, interpretava e tocava piano, guitarra, contrabaixo e percussão. Green respira música desde a infância aos 12 anos de idade, já dispunha de quarenta canções originais sob sua carreira. Quando jovem lançou seu primeiro album The Way I Used To Be pela extinta gravadora Decca.

Depois de entrar na vida adulta, antes de se tornar um cristão, Keith tinha uma filosofia pessoal que misturava a visão judaica e a Ciência Cristã, mas cresceu lendo o Novo Testamento. Ele chamou o evangelho de “uma estranha combinação” que deixou seu espírito aberto, mas até então ainda profundamente insatisfeito. Seu estilo de vida artístico o levou às drogas. Viajou ao Sul da Ásia atrás do misticismo e do “amor livre” que dominaram os anos 60 e 70. Depois de experimentar o que descreveu como uma “bad trip”(má viagem), ele abandonou o consumo de drogas e se tornou avesso à filosofia e a teologia de um modo geral. Green viria a afirmar, no entanto, que, no meio de seu ceticismo, ele sentiu que Deus “furou os calos do seu coração”, e ele se converteu ao protestantismo. Logo depois sua esposa Melody Green também se converteu.

Em 1975 o casal Green iniciou um programa de evangelização nos subúrbios de Los Angeles, Califórnia, em San Fernando Valley. Rapidamente sua pequena casa no subúrbio estava superlotada de prostitutas, tóxico-dependentes e sem-teto que recebiam, além do evangelho, atenção e cuidados. A comunidade de novos crentes foi crescendo rapidamente. Pessoas foram continuamente se posicionando para o batismo e definindo suas vidas para servir o Senhor. Logo tiveram que adquirir uma casa vizinha à sua própria e alugaram mais cinco no mesmo bairro, para grande consternação dos seus vizinhos. Durante seus concertos, muitas vezes ele exortava seus ouvintes a se arrependerem e a empenharem-se mais inteiramente a seguir Cristo.

Junto com outros onze, Keith Green faleceu em 28 de julho de 1982, quando o avião Cessna 414, alugado pelo ministério, caiu após decolar da pista privada localizada na sede da missão. O pequeno avião de dois motores estava transportando onze passageiros para um passeio aéreo pela região da propriedade. Green e dois de seus filhos, Josiah, de três anos de idade, e Bethany, com dois, estavam a bordo do avião, juntamente com os missionários visitantes John e Dede Smalley e os seus seis filhos. Em 27 de novembro de 2001, Keith Green foi introduzido no hall da fama da musica Gospel americana. Green não se via como um “artista” por profissão, e demonstrou um desapego material raro de se encontrar nos dias atuais. Ele não se isolava no palco nem transformava isso em meio de vida,ao contrário, arregaçava as mangas, saía dos holofotes e procurava sempre uma proximidade com sem público.

Origem: Wikipédia

Soli Deo Gloria