Mudar o mundo

Muito se tem ouvido falar em que é o momento de mudar o Brasil. Quero logo dizer que não penso em mudar o Brasil por causa dos manifestos e protestos, mas SEMPRE pensei em mudar as coisas, mudar o Brasil, mudar o mundo. Sei que é clichê falar que a mudança deve acontecer nas pessoas. Então questiono: as pessoas estão mudando?

Outra coisa que ouvi é que muitos se denominam os atuais protagonistas de uma possível revolução. Nós é que elegemos uns pseudos protagonistas que agora “não nos representam”! Outros virão, sejam do movimento passe livre, nacionalistas ou apartidários. Outra vez pergunto: as pessoas estão mudando?

E as igrejas, devem participar ou não dos protestos e qual contribuição podem oferecer? Olhando para a Palavra, vejo Jesus como um revolucionário. Que é revolucionária a verdade de que Deus se torna homem para mudar a vida dos homens, de que Jesus, esperado como um revolucionário político contra um império, trouxe um outro reino que não têm os do partido ou os sem-partido, um reino que muda as pessoas.

Sim, as pessoas estão mudando. Muitos estavam apáticos à situação crítica da política brasileira, alheios a todo este movimento manipulador em que a população é considerada massa de manobra. Agora o Brasil acordou, política faz parte do assunto principal nas redes sociais, embora muitos não tenham opinião própria e apenas replicam o que um outro diz, pelo menos estamos aprendendo.

Agora preciso dizer uma coisa:

Política, mesmo que seja apartidária, muda as pessoas mas não satisfaz! No futuro outros assumirão o poder, quem sabe até alguns destes que estão protestando, depois virão outros com opiniões contrárias. Pela história é um ciclo que se repete. Porém conhecer o nosso Deus através de Sua Palavra, crer em Cristo Jesus é que traz verdadeira alegria. Nosso povo precisa de ideais para mudar vidas. Nosso povo precisa de Deus!!!

Feliz a nação cujo Deus é o SENHOR. Salmo 33:12a

Soli Deo Gloria

A voz da revolução

Fazem 13 anos que sou protestante! Sim, sou membro de uma igreja evangélica e me considero protestante e sigo os passos do maior revolucionário de todos os tempos que me ensina a revolucionar, a começar em mim, em amor.

O Mestre da revolução me ensinou a amar meus inimigos, disse: “Ouvistes que foi dito: Amarás o teu próximo, e odiarás o teu inimigo.

Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus;” [1]

Tudo isso parece loucura, é verdade! O Mestre da revolução foi considerado louco, assim como seu ensino “Porque a palavra da cruz é loucura para os que perecem;” [2] Mesmo assim o Mestre da revolução era seguido por muitos “E seguia-o uma grande multidão da Galiléia, de Decápolis, de Jerusalém, da Judéia, e de além do Jordão.” [3]

Ele combatia a impunidade, lutava pelos direitos das minorias não só com belos discursos cheios de amor, mas em AÇÃO! Ainda disse: “Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim também fará as obras que eu faço, e as fará maiores do que estas, porque eu vou para meu Pai.” [4]

AGORA É A NOSSA VEZ! #ame #revolucione #semviolencia #mudabrasil

E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra.

[2 Crônicas 7:14]

Soli Deo Gloria

[1] Mateus 5:43-44

[2] 1 Coríntios 1:18a

[3] Mateus 4:25

[4] João 14:12